Empresários reclamam da desorganização do Verão em Cabo Frio

POLITICANDO

Os Empresários de diversos setores, mas principalmente o da Gastronomia e do trade turístico, estão reclamando do que chamam de ‘ desordem’ ou ‘desorganização’ do Verão em Cabo Frio e da falta de fiscalização.

Segundo Carlos Júnior, do Restaurante Farol do Forte e Los Crepes, o poder público tem permitido proliferar ambulantes e barracas de comida, que nunca estiverem por ali, e não fazem nada:

‘ Nunca estiveram ali, chega Verão, eles surgem, não pagam impostos, não empregam e ninguém fiscaliza. Agora, nós vamos colocar uma grade para dar mais segurança e conforto ao nosso cliente, já que a Praia do Forte está tomada de mendigos e moradores de ruas importunando a tudo e a todos, rapidamente surge alguém para fiscalizar e proibir ‘, afirma o empresário da Gastronomia.
De acordo com Paulo Victor do Churras Burguer, gostaria que todos, incluindo donos de barracas, traillers e ambulantes, tivessem a mesma exigência e cobranças dos Empresários:

‘ É injusto isso. Pagamos tudo e mais um pouco, temos que cumprir várias regras e recomendações e eles nada. Aparecem no Verão, na alta temporada, só pra vender e lucrar. Aí é fácil ‘, afirma.

As reclamações são constantes nos grupos de empresários de Cabo Frio, desde ao abandono da cidade, deck da praia do Forte, lixos, à falta de fiscalização com o aumento expressivo do número de vendedores, ambulantes, barracas e traillers nesse período de Verão e alta temporada.

‘ Falta um choque de ordem e cortar na carne. Não sou contra ninguém trabalhar, mas de forma ordeira e que sejam daqui. O que vemos agora é uma zona, onde qualquer um vende o que quer, até quentinha na Praia do Forte ‘,afirmou uma empresária que preferiu não se identificar.

Compartilhar

Facebook
WhatsApp
Email

O jornalista Juarez Volotão apresenta o Programa “Falando Francamente Com Você”, de segunda a sexta, às 8h na Nossa Rádio 102,5 FM e também escreve para O Dia Búzios.